terça-feira, 4 de agosto de 2015

Você não acredita quando acontece

De muito tempo observando a vida, e revisitando coisas que vi durante minha trajetória, cheguei a um ponto de reflexão onde o novo às vezes me assusta...
As batalhas que enfrentamos são as mais duras e cruéis, passamos por vales e montanhas, duras caminhadas em busca do eldorado, e nem importa se esse lugar seja tão mágico como muitos pensam, pode ser um lugar calmo, uma praia de águas claras e mornas, um topo de serra que te coloque bem no alto para observar a criação divina, ou a carinha doce de um filhote de qualquer espécie. O fato é que a caminhada é sempre tão dura que quando você alcança o seu objetivo e vê o intento de sua luta parece ser uma miragem.

Será que nesse momento se tem algo para fazer? Diante do seu eldorado é possível encarar ou fugir de fato? Ou simplesmente está feito?

De fato a grande pergunta aqui é: o que eu faço agora??? Como se fosse um baile de máscaras, onde você busca incessantemente o seu par perdido no meio dos rostos ocultos, que quando sua cara metade chega e é a sua vez de dançar suas pernas estão tão cansadas que precisam parar para respirar, sem ter fôlego o suficiente para te manter em riste e sorver a magia do momento.

Como será que o baile segue agora??? Como se manter firme, dançando, se suas pernas te abandonaram, mesmo estando lá, batendo um joelho no outro?

Não tenho respostas, só muitas perguntas, mas de fato a visão do eldorado traz um prazer ímpar, inenarrável, com uma ansiedade tão gostosa que te faz respirar curtinho, como se o fôlego te faltasse.

E permaneço assim, de frente para a paisagem que eu busquei por muito tempo, passei por todas as trilhas, mas estou em êxtase sorvendo o que meus olhos não estão crédulos de estarem de fato vendo.


Beijos da Linda, até a próxima

6 comentários:

Jessyca Trovão disse...

Imagino que esse texto tenha sido inspirado em algo muito bom que você conquistou. Fico muito feliz em ver que você continua conquistando coisas boas e feliz. Obrigada por tudo que ensinou, em sala e fora dela. Você é uma mulher incrível, linda é realmente um ótimo adjetivo! hahaha beijos

W Alexandre disse...

Você consegue compreender plenamente o meu estado após conquistar a faixa preta de karatê!!

Blog dA Linda disse...

Vc é uma linda, Jessyca. Obrigada, sdd

Blog dA Linda disse...

Ale, que bom que tenha se encontrado no meu texto. Beijos

Ana Bananna disse...

Adoreiiii

Ana Bananna disse...

Adoreiiii